O réveillon mal acabou e já vamos falar do carnaval… de São Paulo. Pois é, não é só Rio de Janeiro e Salvador que têm folia, não. A Terra da Garoa, além dos desfiles das escolas de samba, tem uma programação animada de blocos carnavalescos.

Confira a programação:

Banda Bantantã – 5 de fevereiro, sexta-feira

O bloco desfila pelo Butatã, na Zona Oeste, às 21h, mas a concentração começa bem mais cedo, às 16h, na esquina da Avenida Waldemar Ferreira com Rua Desembargador Armando Fairbanks.

A Banda Bantantã foi fundada em 1979 por funcionários da Universidade de São Paulo (USP) frequentadores dos bares da Avenida Waldemar Ferreira.

Percurso: Rua Desembargador Armando Fairbanks, Av. Vital Brasil, Rua Estevão Lopes, Rua Gaspar Moreira, Praça Monte Castelo, Rua Romão Gomes e Av. Lopes, Rua Gaspar Moreira, Praça Monte Castelo, Rua Romão Gomes e volta para a Av. Waldemar Ferreira. O bloco faz duas vezes o mesmo percurso.

Banda do Candinho – 10 de fevereiro, quarta-feira

O percurso passa pelas ruas da Bela Vista e do Bixiga, no Centro. A concentração começa às 17h, na esquina das ruas Santo Antônio e 13 de Maio, no Bixiga. O desfile deve começar por volta das 21h.

A Banda do Candinho foi fundada em 1981 e tinha como objetivo divulgar a festa pré-carnavalesca de São Paulo. Um dos destaques da banda é o show de mulatas.

Percurso: Rua Santo Antônio, Rua Martinho Prado, Rua Martins Fontes, Rua da Consolação, Rua Xavier de Toledo, Praça Ramos de Azevedo, Teatro Municipal, Rua Conselheiro Crispiniano, Largo do Paissandu, Av. São João, Av. Ipiranga, Praça da República, Av. São Luiz, Viaduto 9 de Julho e Rua Santo Antônio até a esquina da Rua 13 de Maio.

Banda Grone´s – 07 de fevereiro, domingo

A concentração começa às 13h na Rua Dr. Saturnino Vilalba, na altura da Praça Lions, de onde o bloco parte, por volta das 16h, para o seu percurso pelas ruas do Tremembé, Zona Norte.

Chamado de Grêmio Cultural e Esportivo Grone’s, o bloco desfila há nove anos pelas ruas do Tremembé, mas durante todo o ano mistura futebol e samba em um casamento animado.

Percurso: Rua Dr. Saturnino Vilalba, Rua Mártires Armênios, Rua Georgi Michel Atlas, Rua Alcindo Bueno de Assis e Rua Lavinia Pacheco e Silva.

Banda Redonda – 08 de fevereiro, segunda-feira

Os foliões se concentram a partir das 19h no encontro das ruas Theodoro Baima e da Consolação com a Avenida Ipiranga. O desfile começa às 21h.

A Banda Redonda completa 31 anos de existência no início de 2010. foi fundada por atores e profissionais de teatro e cinema e costuma desfilar toda segunda-feira que antecede o carnaval.

Percurso: Rua Theodoro Baima, Rua da Consolação, Rua Xavier de Toledo, Praça Ramos de Azevedo, Teatro Municipal, Rua Conselheiro Crispiniano, Largo do Paissandu, Av. São João, Av. Ipiranga, Praça da República e Rua Theodoro Baima.

Bloco Classe A – 06 de fevereiro, sábado

O desfile pelas ruas da Barra Funda, Centro, está marcado para as 15h, mas a concentração começa ao meio-dia em frente ao número 295 da Rua Souza Lima.

Fundado em 1979, o bloco Classe A nasceu nas proximidades da Praça Marechal Deodoro, na região central, em um terreno baldio onde os moradores jogavam bola. O Classe A nasceu como time, mas como os jogadores gostavam de samba, resolveram criar o bloco carnavalesco.

Percurso: Rua Souza Lima, Rua Barra Funda, Alameda Eduardo Prado, Praça Marechal Deodoro, Rua General Olímpio da Silveira, Rua Mário de Andrade, Rua Lopes Chaves, Rua Camaragibe, Rua João de Barros, Rua Brigadeiro Galvão, Rua Conselheiro Brotero, Rua Barra Funda e Rua Souza Lima.

Bloco da Ressaca – 06 de fevereiro – sábado

O bloco desfila pelas ruas do Cambuci, entre a região central e a Zona Sul. A saída está marcada para as 16h30m, e a concentração, no Largo do cambuci, para as 14h.

O Bloco da Ressaca foi criado em 1984 por um grupo de amigos que costumavam frequentar um tradicional restaurante do bairro. Desde então, o bloco sai no sábado que antecede o carnaval e leva fantasias feitas pelos próprios participantes. Em 2010, a organização espera reunir uma banda com 40 metais e uma bateria com 50 percussionistas.

Percurso: Largo do Cambuci, Rua Luiz Gama, Rua Cesário Ramalho, Rua dos Alpes, Rua Gerônimo de Albuquerque, Rua Barão de Jaguará, Rua Silveira da Motta, Rua Justo Azambuja e Rua Lavapés até o Largo do Cambuci.

Banda do Trem Elétrico – 12 de fevereiro, sexta-feira

O bloco da Banda do Trem elétrico vai desfilar a partir das 21h pelo bairro da Consolação, no Centro. A concentração será às 19h na Rua Augusta com a Rua Luiz Coelho, próximo à estação Consolação do Metrô.

A banda foi fundada em 1981 por metroviários que costumavam se reunir na área de lazer do pátio do estacionamento do metrô Jabaquara, na Zona Sul de São Paulo. Com a chegada de mais funcionários, amigos e simpatizantes da banda, a agremiação carnavalesca cresceu e passou a desfilar pelo centro de São Paulo. Após o desfile, os participantes pegam um ônibus fretado e vão continuar a festa na Quadra dos Metroviários, no Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo.

Percurso: Rua Augusta, Rua Martins Fontes, Rua Xavier de Toledo e Praça Ramos de Azevedo.

Bloco Umes Caras Pintadas – 11 de fevereiro – quinta-feira

É o bloco oficial da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo (UMES SP). O desfile percorre algumas ruas dos bairros da Bela Vista e do Bixiga, na região central de São Paulo. Em 2010, o desfile começará às 19h da quinta-feira, dia 11 de fevereiro. A concentração será às 17h, no número 323 da Rua Rui Barbosa.

O bloco foi fundado em 1994 pela diretoria de cultura da entidade. O desfile pelas ruas do Centro de São Paulo tem como objetivo manter a tradição do carnaval entre os estudantes paulistanos.

Percurso: Rui Barbosa, Rua Santo Antônio, Rua 13 de Maio, Viaduto Armandinho do Bixiga e Rui Barbosa.

com informações do G1

———————————————————————————

Assista a vídeos exclusivos na TV Sem Destino

Veja todas as fotos das minhas viagem pelo mundo no Flickr do Sem Destino

Se você veio parar nesse post direto de algum mecanismo de busca, clique aqui para ler as outras matérias na página incial do Sem Destino.

Para ler as notícias fresquinhas do Sem Destino, assine o RRS Feed do blog

Siga o Sem Destino no Twitter – clique aqui

Adeus ano velho... Feliz ano novo!!!

Adeus ano velho... Feliz ano novo!!!

Depois da última virada, quando enfiaram a tal da Mart´nália goela abaixo do povão, a prefeitura resolveu caprichar um pouco mais na festa de réveillon em Copacabana este ano. Serão 13 atrações em dois palcos, além de outros dois com apresentações de DJs. No palco principal, em frente ao Copacabana Palace, os Paralamas do Sucesso se apresentam com participação especial de Carlinhos Brown antes da meia-noite. Logo depois, quem sobe ao palco é Lulu Santos. O ano começa ao som da Orquestra Sinfônica Petrobras e, após a queima de fogos, é a vez de Beth Carvalho com o grupo Fundo de Quintal. A noite fecha com a bateria do Salgueiro e DJs. No palco satélite, em frente à Rua Santa Clara, tem Ed Motta, Roberta Sá e Pedro Luís, com a bateria da Beija Flor fechando a festa. Já os palcos com DJs ficam na Rua Miguel Lemos, onde o destaque é Marcelinho da Lua, e Av.Princesa Isabel, comandado por Marcelo Janot.

A prefeitura já avisou que vai fazer um choque de ordem no Réveillon e proibiu qualquer tido de recipiente de vidro na areia (tirando as garrafas de espumantes, que são tradição e não vêm em outro tipo de embalagem. Mesmo assim, para beber, só em copinho de plástico), além dos fogos de artifício.

E se você está preocupado com a possibilidade de a chuva estragar a sua festa, relaxe. O prefeito convocou a médium Adelaide Scritori, da Fundação Cacique Cobra Coral, para não deixar que um pingo caia sobre nossas cabeças durante a festa. O espirito que Adelaide diz incorporar estaria em Buenos Aires, mas estará aqui a tempo da virada para desviar as nuvens.

Confira os gráficos abaixo:

Interdições do trânsito

As atrações em Copacabana

A festa em outros bairros

Mais um ano vai... outro ano vem...

Mais um ano vai... outro ano vem...

Vou ter que fazer aqui uma pausa nos posts sobre a última viagem para atender a uma demanda que vem crescendo a cada dia. Geralmente deixo para escrever sobre as festas de réveillon só em dezembro, mas venho notando um aumento no número de pessoas que chegam ao blog procurando informações sobre os eventos desta virada e acabam lendo os posts do ano passado… e até do ano retrasado. Decidi então me mexer para satisfazer os mais ansiosos, ou aqueles que gostam de se programar.

ATENÇÃO: ESTE BLOG MUDOU PARA BLOGSEMDESTINO.COM

Para quem já visitou esse post antes, vai notar que estou sempre mudando este comecinho aqui. Isso porque as informações vão aparecendo e eu tento acompanhar. Preparei um post com toda a programação do réveillon na praia de Copacabana, com esquema de trânsito, shows, etc…  Leiam:

Programação do réveillon em Copacabana

Venho atualizando com as festas que vão surgindo, e é impressionante como tem gente que deixa para divulgar evento em cima da hora. Parece até que não quer que ninguém vá. Alguns eventos do Rio estarão em outro post, sobre o réveillon GLS e Eletrônico (fiz questão de dividir, pois as festas listadas aqui geralmente primam pela salada musical, misturando todos os estilos e jogando uma bateria de escola de samba no meio para dar liga).  Dêem também uma passeada pelo blog, onde vocês escontraram dicas de festas em Búzios, Santa Catarina e Bahia. Atualização: confira as festas públicas na Região dos Lagos.

Quer dicas sobre o que fazer no Rio ? clique e leia o meu Guia Completo, com restaurantes, bares, boites, pontos turísticos e mais.

Procurando onde ficar? Clique e confira a lista de albergues do Rio de Janeiro, a mais completa da internet

Vamos às festas então:

Se vocês já leram algum dos meus posts passados sobre as festas de réveillon cariocas, sabe o quanto eu ‘adoro’ essa mistura de ritmos… em uma pista tem música eletrônica, na outra axé, na outra um DJ de hip-hop com um apelido estranho e, no meio disso tudo, a bateria da Mangueira (que consegue estar em dois lugares ao mesmo tempo). Se você resolve dar uma volta pelo local, vai se sentir preso dentro de uma rádio FM popular. Mas tem gente que gosta e é por isso que essas festas estão sempre lotadas. E exatamente por isso os caras metem a mão no preço, cobrando o que querem.

Réveillon da Hípica

Réveillon da Hípica

Revéillon da Hípica – Uma das mais conhecidas, concorridas e lotadas. Esse ano a salada musical começa com Suvaco de Cristo, passa por DJ Sapão, Bateria da Mangueira, o DJ de música eletrônica Roger Lyra e fecha com Kabul e Scarlet (que eu não faço a mínima ideia de quem sejam). Ainda há a pista black, com Flávia Xexeo, Tucho, Eletrobase DJs e Sany Pitbull. No cardápio, open bar com cerveja e diversos drinks e um buffet com frios, ceia de pratos quentes, sobremesas e um café da manhã. Quem quiser pagar um pouco (beeem) mais, há uma área VIP com mesas e serviço de garçon. Os ingressos estão saindo a R$ 203 (feminino), R$ 256 (masculino), R$ 412 (feminino VIP) e R$ 517 (masculino VIP). Veja como comprar.

Réveillon Pão de Açucar – Sem dúvida este é o melhor lugar para se passar o réveillon… só não sei se é a melhor festa. A vista privilegiada do alto do Morro da Urca sem dúvida é um fator a se levar em conta. Ainda há a possibilidade de, por uns míseros trocados, comprar um ingresso VIP, que dá direito ao acesso ao Pão de Açucar, o morro mais alto, com uma vista 360º da Cidade Maravilhosa. As atrações menores ainda não foram divulgadas, mas já sabemos que haverá uma bateria de escola de samba, claro, e show com a banda Soul de Quem Quiser. Fique atento apenas aos horários dos bondinhos, para você não ficar preso lá em cima, ou pior, lá embaixo. A festa também funciona no esquema open bar + buffet e os ingressos, ainda no primeiro lote, estão saindo a R$ 360 (fem.), R$ 390 (masc.) e o VIP, independente de gênero, raça, cor e credo, sai a R$ 750 (isso mesmo. vou escrever por extenso para você não achar que eu errei: setecentos e cinquenta reais… isso só para ter o prazer de assistir à virada com uma vista um pouco melhor do que os amigos do morro vizinho).

Réveillon Carioca

Réveillon Carioca

Réveillon Carioca – A festa do Hotel Intercontinental, em São Conrado, completa cinco anos nesta virada, e para comemorar, nada melhor do que a Bateria da Mangueira… mas peraí, eles já não vão estar tocando na Hípica? Pois é, no dia do réveillon os caras desafiam a física e conseguem estar em dois, três, cinco lugares ao mesmo tempo. Além dos semi-deuses carnavalescos onipresentes, a pista pop vai contar com o MC Marcinho, Ivo Meirelles e Samba Pop, DJ Darke e DJ Marcelo Vre. Na pista Skol Beats tocam Carol Legally, Rafael Nazareth, João Paulo e Kevin Barnett. Como as anteriores, open bar e buffet. Aqui não há area VIP, ou melhor, todos são VIPs e, por isso, pagam R$ 475 (masc.) e R$ 370 (fem.). As vendas já estão no segundo lote. Veja como comprar.

Acorda Amor

Acorda Amor

Réveillon Acorda Amor

– A festa do Hotel Ouro Verde, na Av.Atlântica, promete uma visão privilegiada dos fogos, sem ter que se espremer na multidão aglomerada na areia. O som fica por conta do VJ Marcos Rodrigues na pista com vista para o mar e do DJ André Luis no Louge Bar. No meio de tudo isso, eis que surge a Bateria de Escola do Samba do Bloco ‘Me Esquece’ (viu, não é só a Mangueira que dá serviço no réveillon). A ‘Acorda Amor’ é uma festa mensal que já tem um público cativo e deve arrastar bastante gente para o Ouro Verde na virada. Com open bar e buffet, os ingressos no primeiro lote estão saindo a R$ 660 na pista e R$ 880 por um lugar em mesa (mas tem meia entrada para estudantes e pessoas com carteirinhas falsas).

Réveillon da Lagoa

Réveillon da Lagoa

Réveillon da Lagoa – Só por ser na sede do Flamengo, já vale a pena. Mas vamos deixar as emoções futebolísticas de lado e analisar melhor o evento… No palco tem Diogo Nogueira, Adriano DJ e, adivinhem… ela, a Bateria da Mangueira (vão contando aí. Já são três festas em pontos distintos da cidade). Tem buffet, open bar e os preços não são dos piores: R$ 240 (fem.) e R$ 290 (masc.).

Réveillon Celebrare – Essa para quem já tem alguns aninhos a mais (mas não muito). A tradicional festa de réveillon no tradicional clube Monte Líbano, na Lagoa, terá, além da tradicional banda Celebrare, um dos melhores cardápios da virada. Comidas japonesa e  árabe, massas, salgadinhos chiques, ceia com salmão ao molho curry, bacalhau, risoto de camarão e sei lá mais o que. Os DJs Rogério Fernandes e Marcos Pontes animam o pré e after show. Ahhh… já ia esquecendo… tem uma escola de samba. O nome ainda não foi divulgado, mas quer apostar que é a Mangueira? Os preços ficam em R$ 270 (pista), R$ 320 (mesa) e R$ 395 (camarote).

Como prometi, estou atualizando aqui com mais algumas festas que divulgaram suas atrações:

Réveillon Planeta Rio – A festa do Riocentro apresenta uma programação bem ecléticas, com grandes artistas nacionais e internacionais. O lugar é beeeem longe de tudo, mas se você quer ouvir Jorge Bem Jor, Ja Rule, DJ Marlboro e bateria do Salgueiro, vai ter que gastar uma grana de taxi (isso mesmo, porque você vai querer beber, mas não vai dirigir assim, certo?). Ahhh.. e ainda tem o DJ Danado, imperdível. Na outra pista, a galera do trance vai delirar com o som do Wrecked Machines, primeiro fazendo um set, depois um live. O esquema é open bar e buffet liberado para quem pagar os R$ 110 (feminino) ou R$ 143 (masculino). Há ainda uma área VIP a R$ 209 (feminino) e R$ 231 (masculino). Clique aqui para comprar.

Réveillon do Costa Brava – O lugar tem uma vista linda do Rio de Janeiro e também oferece atrações de peso. Assim como a bateria da Mangueira, o DJ Marlboro também consegue estar em dois lugares ao mesmo tempo e vai botar a galera para rebolar ao som do funk. Na mesmoa pista, a bateria da Grande Rio fecha a festa. Na área ao ar livre, a grande atração é o rapper Black Alien. Open bar a R$ 209 (feminino) e R$ 253 (maculino). Clique aqui para comprar.

Réveillon Cidade Maravilhosa – outro belo lugar para se passar a virada do ano. A festa no Museu de Arte Moderna (MAM) aposta nos DJs de Hip Hop e eletrônico para alegrar a galera, mas, como não poderia deixar de ser, tudo acaba em samba, com a bateria de uma escola ainda não divulgada (Mangueira???). Para o pessoal do shake your booty, tem os DJs Janot, Tubarão e Tartaruga… só não sei o que uma dupla de sertanejo universitário está fazendo ali no meio, mas eles entam no final, antes da tal escola de samba. Já para o pessoal do bate-estaca, tem Juan Diaz, da Pacha de Ibiza, Tedas, da Pacha de Buenos Aires, Giovanetti, Dri-k e Rodrigo Loyola. R$ 224 (feminino) e R$ 276 (masculino). Clique aqui para comprar.

Réveillon Iate Clube – demorei a colocar as informações dessa festa aqui… muito trabalho no jornal com a reta final do Campeonato Brasileiro (trabalho na editoria de esportes em um jornal) e pouco tenho conseguido acessar o blog. Mas vamos lá: sou sócio do clube há anos e posso garantir, o lugar é lindo, quanto ao line up, já não faz muito a minha cabeça, mas é um prato cheio para a galera da salada musical. A noite começa com o grupo Trilogia Musical, passa por Mc Sapão e Sylvio Dib, tem a tradicional bateria de escola de samba, entra então o DJ Daniel das Micaretas e a festa fecha com as DJéias Lize Campbell e Marie Bouret. Os ingressos já estão no terceiro lote e os preços estão em R$ 300 (feminino) e R$ 360 (masculino). Clique aqui para comprar.

Revéillon ao mar – Atendendo a pedidos, aqui vão algumas dicas de réveillon em alto mar. Para ser bem sincero, eu não sou muito fã da ideia. Vai que chove, ou a festa está chata, rola um tsunami e o DJ ainda resolve tocar Leandro e Leonardo… o que você vai fazer??? Para as primeiras opções, ainda há escapatória, mas música sertaneja, só se jogando no mar e nadando. Mesmo assim, vamos lá. O Pink Fleet, do megasuperpop empresário Eike Batista, ainda não tem roteiro definido. Segundo meu contato com o pessoal da EBX, empresa responsável pela embarcação, eles ainda estão definindo e há empresas interessadas em fretar a embarcação para a festa. Eles ficaram de ter uma resposta mais completa em duas semanas, mas, só para vocês terem uma ideia, o valor no ano passado ficou em R$ 950, segundo nossa mais nova colaboradora, a Bruna (veja nos comentários). A opção, então, são as festas do pessoal da Trilha do Corpo.  A empresa tem três opções, em três barcos diferentes. Uma escuna, com comida e bebida inclusas, embarque às 21h e retorno às 2h, sai a R$ 370.  As opções mais caras, chegando a R$ 498, saem às 21h30 e tem dois desembarques, à 1h30 e às 4h. Em todas, um DJ que toca “música de todos os tipos” (e é aí que mora o perigo). Continuo buscando opções, mas quis postar logo essas para atender aos pedidos…

Por enquanto é só, mas continuo buscando outras festas e já estou com o post sobre o réveillon de Búzios engatilhado.

 

Leia a versão para o réveillon 2009/2010Decida o seu réveillon GLS e eletrônico.

Procurando informações sobre a as festas da virada 2009/2010, então leia os posts:

Decida o seu réveillon – 2010, Rio de Janeiro

———————————————————————————————

Depois do meu post sobre o réveillon no Rio, recebi uns comentários perguntando das baladas de GLS e de eletrônico.  No texto anterior sobre a virada, há algumas dicas de festa onde alguns DJs vão tocar, mas geralmente em uma salada musical de estourar os tímpanos, com escolas de samba e tal.

Vamos então às dicas para a galera do arco-iris e do bate-estaca.

enjoyComeçamos com uma das mais famosas festas GLS da cidade, o réveillon da E.njoy, onde eu toquei há uns três anos. O pessoal organizou dois eventos para animar a galera. O primeiro rola do dia 28, na Estrada da Barra, nº 156 – Barrinha – Barra da Tijuca. Quem toca por lá são os DJs Felipe Lira, Bruno Renno – LIVE ACT, , Mascus Vinícius e  Mentex num back to back com Aless (BH).  –

A segunda festa – a de reveillon mesmo –  vai rolar no Namaste Club – Praça Santos Dumont, nº 31 – Gávea – Jockey Club. No line up, muito tribal com André Garça (que também é um dos produtores), André Queiroz (DF), Patricinha Tribal , Rafael Calvente, e Marcus Vinícius, com o VJ Rodrigo Sucesso responsável pela projeção de imagens na pista. Tem ainda uma pista 2 (que é onde eu ficaria), com um line up de peso: João Paulo, um projeto formado por Gustavo Tatá e Mauricio Lopes, e para fechar, o grande Pareto e suas perucas coloridas.

Os preços ficam em R$78,00 para quem quer ir em só uma das festas e R$120 no pacotão para curtir as duas.

paul_van_dyckAgora, para a galera que curte um trance europeu, junte os amigos e siga para a Barra, onde o mais que famoso Paul Van Dyck , considerado o terceiro melhor do mundo pela DJ Mag, vai tocar na Praia do Pepê. Se vocês me perguntarem, realmente não é o tipo de som que eu gosto, mas acho que ninguém quer saber dos meus gostos musicais nesse momento.  O top DJ ainda se apresenta em Búzios no dia 29, na Fazenda Porto Velho

A The Week, famosa festa paulista que invadiu o Rio, preparou quatro festas para divertir a galera. Para começar, no dia 26 rola a Babylon in Rio, onde Paulo Pacheco e Renato Cecin se apresentam ao público em um back to backa, tendo como convidado especial o DJ americano Tony Moran. O local da festa surpreende, o bom e velho Scala, uma enorme casa de shows instalada no coração do Leblon.

theweek1No dia seguinte, tem a Cosmopolitan Conexão Internacional, que rola na boite The Week, uma das maiores do Rio, na Rua Sacadura Cabral, 154, Zona Portuária. No comando das pick ups, os DJ Chris Cox, Robix e Renato Cecin (SP). Na segunda pista da casa, os DJs Rafa Ariza acompanhado por Paulo Pacheco (SP) e Jeff Valle.

No dia 28, é a vez da Toy in Rio, na mesma boite, com os DJs Bem Manson, diretamente de Paris, Ana Paula, João Neto (SP) e Renato Cecin (SP).

Calma que tem mais:  na virada, logo após a queima de fogos (1h da matina), rola a News Year Party in Rio, também na boite do grupo. A atração aqui é o DJ internacional Peter Rauhofer, que promete incendiar a pista. Para completar o line up, os mesmos DJs das festas anteriores: Ana Paula, João Neto e Renato Cecin.

Para a galera empolgada que quiser curtir todas as festas da The Week, tem um passaporte especial. Dê uma olhada no site deles para ver onde comprar.

No dia 30, tem outras três festinhas para embalar o pessoa. Começamos com a Maja, do amigo Felipe Marques, da simpática hostess Nicole Nandes e do parceiro VJ Guti Sá Freire. A festa rola no club 69, na rua Farme de Amoedo (ponto de encontro GLS no Rio), número 50 – Ipanema.

No mesmo dia rola a Máxima, na Leopoldina, uma estação de trem desativada.As atrações são os DJs Marcus Vinícius e Phil Romano.

E ainda tem a Duo, festa da menina com os emails de divulgação mais engraçados que eu já li. A festa rola no club 00, na Gávea, o mesmo onde Luana Piovani caiu de bunda no chão e que o Marcelo Serrado apanhou. Mas isso são casos isolados, porque o local é bem legal. Já toquei lá algumas vezes e nunca tive problemas. No line up tem o DJ Diego Valente e o onipresente Rafael Calvente (a rima veio sem querer).

Vamos então para o after do dia 1, na Pool Party, no complexo esportivo Estação do Corpo. Prepare a sunga e o bikini, porque lá a ferveção é dentro d´água. O comando da festa fica a cargo dos DJs Flávio Lima, Gustavo Scorpio e o americano Bill Halquist.

Chega, por enquanto é só… se souber de mais alguma, mando para vocês. Aproveitem para visitar o site Cena Carioca, com várias dicas de festas de eletrônico na cidade.

Se você nunca andou por essas bandas, leia o meu post, ‘Rio de Janeiro, o guia completo’, com dicas para todos os gostos. Procurando onde ficar na cidade?  Então confira a minha ‘Lista de Albergues do Rio de Janeiro‘… e não esqueçam de visitar o meu outro post sobre o reveillon

Para curtir depois do Réveillon – a roda-gigante que fica na praia de copacabana vai ter uma filial do Café del Mar, com o DJ Hector Lopez, residente do bar em Ibiza, tocando às segundas. Leia mais no post ‘Uma roda-gigante em Copacabana’