Que tal passar a noite deitado sobre uma cama de gelo instalada em um quarto onde as temperaturas podem chegar a –5 graus? Se interessou? Pois é, tem maluco para tudo…

 

Hotéis de Gelo

Hotéis de Gelo

Separei aqui alguns dos mais famosos hotéis de gelo e neve. Nos primeiros, fiz questão de falar mais sobre a infra-estrutura e os serviços oferecidos para vocês terem uma ideia melhor do que é se hospedar em um hotel de gelo. Mais para o final, coloquei apenas uma pequena descrição, pois todos oferecem mais ou menos a mesma coisa: hospedagem, bar, restaurante, sauna, capela, galeria de arte e instalações aquecidas. Para visitar as páginas dos hotéis, basta clicar no nome deles.

Ante de vermos os hotéis, um quadrinho com dicas de como se vestir para aguentar temperaturas de até -6 graus:

Como se vestir em um hotel de gelo

Como se vestir em um hotel de gelo

 

Ice Hotel – Jukkasjärvi, Suécia

 

Começamos com o pioneiro Icehotel, que inspirou todos os outros. Localizado no Rio Torne, em Jukkasjärvi, Suécia, o hotel teve o seu começo em 1990 como um grande salão de exposição de arte em forma de iglu. Os visitantes, porém, começaram a passar a noite dentro do salão protegidos por casacos de pele e sacos-de-dormir. A moda pegou e, para a temporada seguinte, os organizadores resolveram criar um lodge para hospedar os visitantes. A cada ano, 5 mil toneladas de gelo são retiradas do rio Torne para dar vida a este monumento à água em estado sólido, que mereceu o título de uma das sete maravilhas da Suécia.

 

Ice Hotel

Ice Hotel

Com quase 20 anos de existência, o Icehotel cresceu e apresenta quartos luxuosos, um bar onde até os copos são de gelo e até uma igreja, onde são celebrados casamentos e missas. O hotel fica aberto à visitação do público durante o dia e fecha às 18h para a entrada dos hóspedes que vão passar a noite. As malas são deixadas na portaria e guardadas em uma área aquecida. Banheiros e quartos para trocar de roupa também são aquecidos. Os hóspedes dormem em sacos de dormir cobertos com um colchão e pele de rena.

 

Para os que não conseguem agüentar o frio da noite, o Icehostel oferece chalés e lodges aquecidos. Eles inclusive recomendam que você intercale acomodações frias e quentes, ficando o primeiro dia no hotel de gelo e desfrutando o resto da estadia relaxando em um quarto mais quentinho.

 

Ice sculpture

Ice sculpture

Um pacote de três dias saindo de Londres sai por 970 Libras, ou uns R$ 3 mil, incluindo parte aérea, traslados, uma noite no hotel de gelo e duas em quarto aquecido. Clique aqui para conferir os preços.

 

 

 

 

Lapônia, na Finlândia, além de ser a casa de Papai Noel, parece ser também a terra das construções de neve. Nada menos do que três complexos turísticos feitos de nada mais do que água congelada povoam a paisagem desta fria região do norte.

 

 

Lumi Linna - SnowCastle of Kemi

Lumi Linna - SnowCastle of Kemi

LummiLinna – Lapônia, Finlândia

 

LummiLinna, o castelo de gelo da cidade de Kemi, localizado no Golfo de Bothnia, é um complexo turístico com um hotel de 18 quartos, lounge aquecido, capela, restaurante e galeria de arte com esculturas de gelo. Contruido pela primeira vez em 1996, a área coberta pelo castelo tem variado de 13 mil a 20 mil metros quadrados, com uma construção de três andares. A torre mais alta construída tinha 20 metros de altura e a muralha mais longa, 1.000 metros.

 

Kemi restaurant

Kemi restaurant

A entrada para conhecer as instalações fica em 7 Euros. Para se hospedar no hotel, um quarto doublé sai por 130 Euros por pessoa. No restaurante, um ‘banquete real’, com uma sopa de entrada, um rosbife com batatas de prato principal e um chocolate quente de sobremesa, sai por 43 Euros. O hotel fecha em 12 de abril.

 

Clique aqui para fazer um tour virtual

 

 

 

 

 

Lainio SnowVillage – Lapônia, Finlândia

 

Todo ano, cerca de mil caminhões cheios de neve são usados para criar esse complexo de 7.500 metros quadrados. No hotel da SnowVillage, as temperaturas ficam entre 0 e –5 graus, mas os hóspedes podem desfrutar de um porão aquecido, com sauna , banheiros, lareira e alguns quartos. Enquanto no IceBar você desfruta de um drink quente em copo de gelo, no restaurante Lainio Krouvi você conhece a culinária local em um ambiente aquecido.

 Os preços ficam em 180 Euros por pessoa em quarto single.

 

 

Igloo Village Kakslautanen – Lapônia, Finlândia

 

O hotel Kakslautanen é um pouco diferente dos outros, além de funcionar durante todo o ano, com chalés e restaurantes em estruturas fixas, a estrutura montadas para o inverno são individuais… pequenos iglus feitos de gelo ou vidro.

 

Igloo Village

Igloo Village

Enquanto do lado de fora as temperaturas podem chegar a –32 graus, dentro do iglu o hóspede fica ‘quentinho’ a, no máximo, -6 graus. As pequenas construções podem abrigar de 1 a 5 pessoas (quanto mais gente, mais quente). Para começar a manhã, há uma sauna dentro da vila, de onde, por um buraco no chão, pode-se mergulhar no rio gelado.

 

Igloos de vidro

Igloos de vidro

Quem preferir se hospedar no iglu de vidro, poderá desfrutar da vista para as luzes do norte e uma noite estrelada. Aqui, a temperatura fica acima de zero, graças aos vidros térmicos que protegem o hóspede.  Quem está hospedado no gelo e quiser apreciar a vista sem sentir frio, há ainda uma pirâmide de vidro de oito metros de altura bem no meio da.

.


Hôtel de Glace – Quebec, Canadá

 

Há uns 10 quilômetros da cidade de Quebec fica o primeiro e único hotel de gelo das américas. Em sua primeira versão, em 2000, eram apenas 22 camas. Agora, já são 85, todas cobertas com pele de veado. Apenas os banheiros são aquecidos.

Hotel de Glace

Hotel de Glace

Para construir a estrutura, são usadas 5 mil toneladas de gelo e 15 mil de neve, formando arcos de até 6 metros sobre os quartos.

O hotel fica dentro do Duchesnay Winter Resort e, além da hospedagem, tem uma boate (N´Ice Club), um café, um escorrega de 15 metros e uma capela.

 

Faça um tour virtual pelo hotel

 

 

Bâlea Lake Ice Hotel – Transilvânia, Romênia

 

Em 2006 foi construído o primeiro hotel de gelo do leste europeu. Incrustado nas montanhas Făgăraş, na Transilvânia, terra do famoso conde Drácula, a uma altitude de 2.034 metros, o Bâlea Lake Ice Hotel só é acessível através de teleféricos. A construção não é tão vultosa quanto as anteriores, apenas 10 quartos e uma pequena capela.

Ice Hotel Balea

Ice Hotel Balea

 Noruega

Bjorli Ice Lodge – Bjorli, Noruega

Localizado em uma reserva natural no norte da Noruega, uma das principais atrações deste hotel de gelo é a natureza. Uma das recomendações feitas aos visitantes que têm sono leve é a de levar earplugs, para evitarem ser acordados pelo barulho do gelo estalando e dos lobos uivando à noite.

O preço para três dias, sendo um no hotel de gelo e dois em uma suite quentinha no Bjorligard Hotel fica em R$ 3,6 mil reais.

.

Kirkenes Snow Hotel – Kirkenes, Noruega

O Korkenes foi construido pelo mesmo arquiteto responsável pelo Lainio Snow Village e traz todas as atrações do seu irmão: capela, quartos, bar, neve e muito gelo.  As diárias começam em 150 Euros por pessoa.

.

Alta Igloo Hotel – Alta, Noruega

Com uma área de 2 mil metros quadrados, o hotel oferece aos visitantes 30 quartos (com temperaturas de até -6 graus), bar, restaurante, capela e sauna.

O preço de um pacote de pernoite fica em R$ 750, com jantar, hospedagem, sauna, café da manhã e traslado.

 

Alta Igloo

Alta Igloo

Leia os outros posts da série ‘Lugares diferentes’

‘Lugares diferentes: restaurantes onde a comida não é a atração principal’

‘Lugares diferentes: para quem não tem medo de altura’

‘Albergues diferentes: do gigante dos céus aos cubículos de Londres’

Gostou das dicas ou tem alguma sugestão de restaurante diferente? Então deixe o seu comentário

Se você veio parar nesse post direto de algum mecanismo de busca, clique aqui para ler as outras matérias na página incial do Sem Destino.

Para ficar por dentro das últimas notícias fresquinhas aqui do blog, clique aqui para assinar o RSS Feed do Sem Destino.

Anúncios