Poligono da Maconha

Poligono da Maconha

A cidade de Itacuruba fica bem no meio do famoso Polígono da Maconha, uma área de quase 70 mil metros quadrados na divisa entre a Bahía e Pernambuco composto pelas cidades de Santa Maria da Boa Vista, Petrolina, Cabrobó, Orocó, Belém de São Francisco e Floresta. Lá, quem manda são os bandidos. Nesta semana a cidade apareceu no noticiário, mas não foi nas páginas de polícia por causa de algum assassinato, e sim nas de viagem. Pois é, Itacubira vai entrar na rota do turismo científico.

Três observatórios estão sendo instalados no município, sendo que um deles vai rastrear a aproximação de asteróides em rota de colizão com a terra. O local foi escolhido devido ao baixo índice pluviométrico e porque as cidades em volta têm menos de 30 mil habitantes, ou seja, menos poluição e luzes para atrapalhar a observação astronômica.

Um dos observatórios

Um dos observatórios

O prefeito Romero Magalhães está dando pulos de alegria com a entrada de Itacuruba no mapa turistico: ‘Acredito que vai haver um interesse natural de professores, estudantes universitários e até mesmo crianças em conhecer os observatórios’, disse ele. O problema que eu vejo aí é um só: como os turistas vão chegar a um lugar onde as estradas vivem desertas e os ônibus só andam em comboio e com escolta policial?

Ônibus escoltado

Ônibus escoltado

É isso mesmo, a cena é comum por lá. Os ônibus chegam mais cedo ao posto policial e esperam a fila formar. Os passageiros são aconselhados a permenecer dentro dos veículos. Na frente e atrás do comboio segue uma escolta de policiais com coletes à prova de balas e armados com fuzis e metralhadoras.

O clima de faroeste por lá gerou até uma situação inusitada durante a construção dos observatórios. Os responsáveis tiveram que explicar à população que as lentes do equipamento não eram canhões militares virados para eles.

O observatório municipal, o único que será aberto à visitação do público, está nos acabamentos e deve ser inaugurado ainda neste semestre.

Você visitaria um observatório no meio do Poligono da Maconha? Deixe o seu comentário.

Se você veio parar nesse post direto de algum mecanismo de busca, clique aqui para ler as outras matérias na página incial do Sem Destino.

Para ficar por dentro das últimas notícias fresquinhas aqui do blog, clique aqui para assinar o RSS Feed do Sem Destino.

Anúncios