Já pensou em comer sentado em uma privada? Ou no escuro, sem conseguir enxergar um palmo à sua frente? Que tal então sentar em uma cadeira de gelo, comendo em uma mesa de gelo, com copos de gelo e tal? Ou ainda, saborear um sushi diretamente da barriga de um corpo aberto com sangue para todos os lados??? Pois é, alguns restaurantes fazem de tudo para se diferenciar da concorrência (será que o intuito é desviar a atenção de uma péssima comida? Acho que não). Selecionei aqui os mais estranhos que eu consegui achar, mas se você tiver alguma dica, mande para nós.

Buns & Guns – Beirute, Líbano

Buns & Guns

Começamos por Beirute, Líbano, um lugar conhecido por suas escaramuças com Israel e por dar nome a um famoso sanduiche aqui no Brasil. Segundo o gerente do lugar, Yussef Ibrahim, o tema militar reflete o clima da cidade durante a guerra de 2006 com o país vizinho. A decoração, os nomes dos pratos no menu e até o som de helicópteros tocando constantemente poderiam deixar os clientes incomodados, mas, ainda segundo Yussef, a maioria se diverte com o clima do local. Você pode pedir um sanduiche de carne M16 Carbine, um Mortar burguer, ou uma Terrorist meal (que, por acaso, é vegetariana). O slogan na fachada do restaurante mostra bem o que o cliente vai encontrar neste restaurante: ‘Sandwiches can kill you’.

Cannabalistic Sushi – Tóquio, Japão

Cannabalistic Sushi

Cannabalistic Sushi

Já que falamos em morte, vamos continuar no tema aqui… Quem se lembra daquele quadro do Faustão onde celebridades comiam sushi em cima do corpo de mulheres nuas? Pois isso é uma ‘tradição’ no Japão e tem até nome: ‘Nyotaimori’, algo como ‘prato de corpo feminino’. Mas esse restaurante leva este conceito um degrau acima. Aqui, um corpo comestível, com uma ‘pele’ feita de massa e o ‘sangue’ de molho é levado de maca até a mesa de hospital onde você estará sentado. A garçonete/enfermeira começa o serviço cortando o corpo com um bisturi, para que os clientes possam começar o banquete/cirurgia.

Modern Toilet – Taipei, Taiwan

Modern Toilet

Modern Toilet

Continuando a seção nojeira, passamos à escatologia. Não consigo me imaginar comendo sentadão na privada, enquanto converso com os meus amigos. Mas essa é a ideia por trás do modern toilet, um imenso banheiro coletivo onde você pode apreciar iguarias como um bolo de chocolate em forma de fezes (ou cocô, não sei o que soa pior) servidos em privadas tamanho miniatura. Os guardanapos são rolos de papel higiênico pendurados sobre as mesas e as bebidas vêm em pequenas comadres. Fico me perguntando apenas se há banheiros no restaurante, ou se podemos apenas… deixa pra lá.

Cabbages and Condoms – Bangkok, Tailândia

Cabbages and Condoms

Cabbages and Condoms

Fico pensando se os dois restaurantes anteriores não fazem você perder a fome… vamos então mudar de assunto e falar do único restaurante do mundo dedicado ao controle de natalidade. Aqui, em vez de balinhas de menta na saída, você recebe uma camisinha. O slogan, bordado nas camisetas à venda na loja de souvenirs, dá o tom: ‘Our food is guaranteed not to cause pregnancy’, algo como, nossa comida não engravida. Experimente uma ‘Spicy condom salad’ e ajude a manter a Population and Community Development Association (PDA).

Hitler’s Cross – Mumbai, Índia

Hitler’s Cross

Hitler’s Cross

Voltando ao tema militar, vamos à Índia, em um restaurante onde a suástica é o logotipo e o tema do lugar. O lugar causou reações enfurecidas da sociedade quando abriu, em agosto de 2006. Na entrada, há um enorme pôster de Hitler, e a letra ‘o’ no letreiro luminoso é decorado com o símbolo do nazismo. Apenas uma semana depois de abrir, o restaurante teve que mudar o nome para ‘The cross’, e mudar a decoração nazista.

Shaoshan Chong – Nanning, China

Shaoshan Chong

Shaoshan Chong

Se na Índia o tema era Hitler e o nazismo, na China o tema é, claro, Mao Tse Tung e seu exército vermelho. Aqui os clientes são servidos por garçons vestidos com uniformes da Guarda Vermelha, o exército formado pelo líder comunista durante a Revolução Cultural (1966-1976).

Maid Cafes – Tóquio, Japão

Maid Cafes

Maid Cafes

Acho que esse vai cair mais no gosto do homens: um restaurante para aqueles com fetishe em mulheres com uniforme de empregada. Há vários deles espalhados por Tóquio, incluindo um chamado ‘@home’. Meninas risonhas, vestidas em uniformes de empregada no melhor estilo dos mangás, chamam seus clientes de ‘patrão’ e acariciam suas cabeças como se fossem bebês. A comida aqui não é a atração principal (acho que vocês já notaram isso) e geralmente não é das melhores, além de cara (quem vai ligar para isso quando você tem uma garçonete vestida em um uniforme sexy e te reverenciando????). Mas a brincadeira aqui vai além, e as garçonetes podem (por uma taxa, é claro) fazer algumas brincadeiras, sendo uma delas, limpar os seus ouvidos.

Robot-Staffed Restaurant – Nuremburg, Alemanha

Robot-Staffed Restaurant

Robot-Staffed Restaurant

Do fetishe das empregadinhas japonesas para a impessoalidade dos robôs alemães. Bem que eles poderiam juntar as duas ideias e colocar uma robô vestida de empregada, como em Os Jetsons, mas eles não foram tão criativos. Em vez disso, era apenas um restaurante com tudo automatizado… os clientes faziam seus pedidos em uma tela sensível ao toque e, momentos depois, a comida escorregava por uma espiral colocada no centro da mesa. A economia em gorjetas parecia ser um apelo, mas a ideia não deu certo e o restaurante fechou um pouco depois de abrir.

The New Lucky Restaurant- Ahmadabad, Índia

The New Lucky Restaurant

The New Lucky Restaurant

Após uma respirada, voltamos à Índia e às bizarrices. Fazer as suas refeições cercado por caixões em um restaurante temático é uma coisa… mas e quando esses caixões realmente têm pessoas mortas dentro. Pois no New Lucky, é isso que você vai encontrar. O estabelecimento começou como uma casa de chá do lado de fora de um antigo cemitério muçulmano e, com os anos, cresceu até um fazer parte do outro. As covas ficam entre as mesas e muitas vezes têm velas em cima, homenageando o morto que ‘reside’ no local. O negócio vai muito bem, obrigado, e os donos dizem que os mortos trazem sorte.

Eternity – Truskavets, Ucrânia

EternityEternity

Quando um grupo de pessoas que trabalham em funerárias resolvem lançar um restaurante, você já pode imaginar o que vai sair. O Eternity nada mais é do que uma grande construção de madeira em formato de caixão… ah, sem janelas, claro. Para os claustrofóbicos, não é lá uma boa pedida. O menu inclui pratos com nomes como ‘let´s meet in paradise’.

The Hellfire Club – Manchester, Inglaterra

The Hellfire Club

The Hellfire Club

Com uma decoração gótica e feita para dar calafrios, esse não é o tipo do local onde você espera encontrar uma refeição de boa qualidade, mas o pessoal diz que aqui a comida é excelente (ou di-vi-na, como estava nos comentários sobre o local). O restaurante fica em uma casa supostamente mal-assombrada do século 19 e parece mais um calabouço, com esqueletos, caixões e candelabros de luz vermelha. O menu inclui os pratos ‘Kiss of the Vampire’ e ‘Cannibal Holocaust’.

Vampire Café – Tóquio, Japão

Vampire Café

Vampire Café

Só para não sair do tema, vamos para este restaurante de Tóquio, com suas paredes vermelho-sangue, cortinas de veludo, caixões pretos respingados de vela, esqueletos e cruzes.

Christon Café – Tóquio, Japão

Christon Café

Christon Café

Os católicos podem até achar profano e não gostar muito, mas o tema deste restaurante é bem mais ameno do que os anteriores. A decoração dos restaurantes da rede Christon dá um toque gótico às imagens católicas, com a Virgem Maria na entrada, estatuas de santos, vitrais, um altar e gárgulas (aquelas imagens de, sei lá, pequenos demônios, que você pode encontrar no topo de prédios em Nova York… para saber mais, clique aqui). Parece que aqui a comida também é muito boa e os preços, razoáveis.

Hobbit House – Manila, Filipinas

Hobbit House

Hobbit House

Para mim, que sou baixinho, este restaurante deve ser o máximo. Bem antes da trilogia ‘O rei dos anéis’ estrear nos cinemas, a Hobbit House foi fundada por Jim Turner, um fã dos livros de J.R.Tolkein. Mas não ache que este é o tema do lugar… a atração aqui são ‘os menores garçons do mundo’. E não se preocupe com o politicamente correto, aqui eles não se incomodam de ser chamados de hobits.

Deixei para depois escrever sobre os restaurantes onde você come na escuridão total e aqueles feitos completamente de gelo. Os dois temas estão na moda, então merecem um post só para eles.

Leia os outros posts da série ‘Lugares diferentes’

‘Lugares diferentes: para quem não tem medo de altura’

‘Albergues diferentes: do gigante dos céus aos cubículos de Londres’

Gostou das dicas ou tem alguma sugestão de restaurante diferente? Então deixe o seu comentário

Se você veio parar nesse post direto de algum mecanismo de busca, clique aqui para ler as outras matérias na página incial do Sem Destino.

Para ficar por dentro das últimas notícias fresquinhas aqui do blog, clique aqui para assinar o RSS Feed do Sem Destino.

Anúncios