Costa Mediterranea

Costa Mediterranea

Parece que os problemas dessa temporada 2008/2009 não vão acabar tão cedo. Esse já é o quinto post que eu faço, sempre achando que não vou ter mais que escrever sobre isso. Ontem foi ao ar a matéria do Fantástico sobre a venda de drogas na Vibe On Board, que vem rendendo uma grande discussão aqui no blog (leia os comentários no post ‘Polícia encontra drogas em cruzeiro de música eletrônica’ e assista ao vídeo no post ‘Fantástico filma venda de drogas em cruzeiro de música eletrônica’

Nesta segunda-feira, quando já me preparava para escrever sobre um assunto bem mais ameno, eis que recebo a notícia de mais uma morte, a quinta da temporada. Tânia Lúcia Alves Botelho, de 58 anos, fazia uma viagem de Santos a Punta del Leste, no Uruguai, no navio Costa Mediterrânea com a família , quando não se sentiu bem e foi internada em um hospital em Balneário Camboriú. Ela acabou falecendo no fim de semana. Parentes suspeitam que ela tenha sofrido de intoxicação alimentar, mas agentes da defesa sanitária afirmam que era hepatite. Uma tia dela, que seria médica, confirmou que ela sofria de uma hepatite auto-imune e necessitava de cuidados especiais

Mais uma vez, estamos diante de uma fatalidade, mas será que alguém consegue se lembrar de alguma morte ocorrida nos navios das temporadas anteriores? Procurei arduamente no Gooooogle, nos sites de notícias e tal, e não encontrei. A reportagem do Fantástico (que muita gente criticou por ser sensacionlista) mostrou a realidade do atendimento médico nos navios, com horas reduzidas, médicos que não falam português e preços exorbitantes.

Morte por asfixia
Hoje também saiu o laudo oficial sobre a morte de Isabella Baracat no Cruzeiro Universitário. O documento apenas confirma o que o delegado já havia dito: a jovem morreu asfixiada pelo próprio vômito. É esperado ainda para essa semana o exame toxicológico da moça, que vai dizer se ela ingeriu drogas ou não. A polícia ainda vai apurar as responsabilidades de cada um no caso: ‘Precisamos descobrir porque elas se asfixiou. Se uma pessoa vomita e fica 2 h na enfermaria do navio e tem assistência adequada, ela não se asfixia. Se ela se asfixiou, é porque houve alguma coisa errada’, disse o delegado da Polícia Federal em São Sebastião Eduardo Marcondes do Amaral.

Reembolso por diarreia
Quanto aos cerca de 380 passageiros do MSC Sinfonia que passaram mal na viagem ao nordeste devido a um surto de norovírus, a companhia resolveu que vai reembolsá-los em 25% do valor do pacote cobrado. Quem preferir, poderá ter um desconto de 50% na compra de outro pacote.

Outra medida para tentar melhorar a imagem da companhia após os últimos problemas foi convidar jornalistas para conhecer o MSC Sinfonia por dentro. O diretor-geral da empresa Roberto Fusaro levou os repórteres para conhecer a cozinha, o centro médico e o local de tratamento de lixo do navio. Assista:

E você, o que acha que está acontecendo nessa tempora de cruzeiros??? Clique aqui e deixe o seu comentário

Para saber mais sobre os problemas da temporada 2008/2009 de cruzeiros, leia os posts:

‘Quatro mortes e muitos problemas na temporada de cruzeiros 2008/2009′

‘Cruzeiro Universitário: jovens, muita bebida e uma morte’

Leia também: ‘Navio de cruzeiro encalha em rio do Canadá com 300 pessoas a bordo’

Quer dicas sobre como curtir um cruzeiro sem problemas, visite o post ‘Singrando os mares’

Se você veio parar nesse post direto de algum mecanismo de busca, clique aqui para ler as outras matérias na página incial do Sem Destino.

Anúncios