rio_semdestinoMais um ano vai, outro ano vem… 2008 terminou, que venha 2009, trazendo paz, saúde, amor, dinheiro e tudo o mais que nós tanto desejamos (e merecemos… alguns mais do que outros).

A virada foi tranquila (sim, sem o trema. Já estou tentando me adaptar ao novo acordo ortográfico). Nenhum incidente grave, ninguém queimado pelos fogos, nenhum barco afundado. O que se viu pelo Brasil e o mundo foi uma celebração que se estendeu do Japão ao Piscinão de Ramos, todos festejando para começar bem o ano, com suas superstições de ondas puladas, lentilhas e uvas comidas e preces feitas.

roda_semdestinoMas essa aparente calma escondeu alguns casos que merecem atenção. Em Copacabana os flanelinhas cobravam R$ 60 de quem quisesse estacionar. Os guardadores oficiais sumiram e o que se viu foi uma máfia tomar conta do local. A Secretaria de Segurança divulgou também que 5 pessoas foram baleadas durante a festa. Todas foram atendidas e liberadas logo depois, mesmo assim, preocupa. Dessa vez ninguém morreu, mas sabe-se lá o que pode acontecer da próxima.

Fiz um vídeo mostrando os fogos no Morro da Mineira, que duraram vinte minutos e foram realmente um espetáculo (principalmente para mim, enfurnado no jornal até 5 da matina). O que me impressionou, porém, foi a quantidade de tiros (com balas traçantes, que vocês podem ver, e ouvir na filmagem). Fiquei pensando onde essas balas caem e como não morreu ninguém (clique aqui para assistir ao vídeo)

Quanto aos fogos, uma bela festa, mas mais uma vez houve o problema da fumaça que tomou conta dos céus após as primeiras explosões. (clique para ver o post sobre o assunto)

As câmeras da Globo registraram também uma briga na areia de Copa. O fato de ter havido uma briga realmente não me choca muito, afinal são dois milhões de bêbados dividindo o mesmo espaço. Alguém vai se exaltar. Mas, como pode ser visto no vídeo abaixo, a polícia chegou logo e acalmou os ânimos.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about “Briga no réveillon de Copacabana“, posted with vodpod

No total, Foram feitos 572 atendimentos médicos, a maioria pequenos cortes, pressão alta, excesso de bebida e mal-estar. Houve registro de um afogado e 32 pessoas foram encaminhadas para hospitais. No dia seguinte à festa, foram retiradas 593 toneladas de lixo, número maior que o do ano passado (clique para ver as fotos).

E você, onde passou o réveillon? Clique aqui e conte como foi sua festa.

Mas vamos às fotos e imagens legais extraídas dos jornais do Rio. Clique nos links para visualizar:

O réveillon pelo Rio de Janeiro – Jornal Extra

Festa na Avênida Paulista – O Globo

As comemorações ao redor do mundo

Vídeo de Copacabana
Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Vídeo de São Paulo
Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Mais vídeos (clique para assistir)

Réveillon em Salvador reúne 500 mil pessoas

Sem horário de verão, Recife começou a festa uma hora mais cedo

Fortaleza comemora com 15 toneladas de fogos

Quer saber sempre que o blog for atualizado e ser o primeiro a ler as matérias? Clique aqui e assine o RSS feed do Sem Destino.

Anúncios