pao-de-acucarPois é, o Pão de Açúcar ficou de fora da eleição das Sete Maravilhas Naturais do Mundo. Mas o motivo de o cartão postal ter sido excluído da competição não foi a qualidade dos outros concorrentes, foi uma decisão comercial que mostra bem o tipo de concurso que é organizado pela fundação New 7 Wonders.

A empresa que administra os bondinhos, a Caminho Aéreo Pão de Açúcar, explicou que o comitê organizador da campanha foi notificado e suspenso da eleição por causa da adesão de empresas da iniciativa privada. O problema mesmo é que essas empresas não assinaram um contrato com a fundação suíça, que informou que ‘a adesão de empresas privadas só seria permitida caso houvesse uma licença contratual de cunho comercial feita com a entidade’, leia-se aí que elas não pagaram nada aos suíços.

A informação que eu achei aqui é que a fundação recebeu R$ 750 mil com a eleição do Cristo. Eles recebiam R$ 0,06 por cada torpedo-voto enviado por celular, que iria para a conservação de monumentos no mundo.

O Brasil ainda tem representantes na disputa: Fernando de Noronha (80º), Pantanal Mato-Grossense, Lençóis Maranhenses (181º) e Chapada Diamantina (276º). Mas as melhores chances do país estão com as Cataratas do Iguaçu (21º) e a Floresta Amazônica (19º), mas aí o título é dividido com outros países. Para falar a verdade, o Pão de Açúcar nem estava muito bem colocado, ocupando a 130ª posição sem chance de classificação para a próxima fase, onde entram apenas os 77 mais votados.

Para votar, entre no site www.n7w.com

Leia também: ‘Árvore de Natal da Lagoa terá última queima de fogos no dia 3 de janeiro’

Confira os primeiros 20 colocados e veja se realmente isso é uma votação séria. O fato é que ganha quem se mobiliza melhor, como o pessoal da Ásia.

Aproveite e diga o que você achou da desclassificação do Pão de Açucar e da lista dos primeiros colocados. Clique aqui para deixar o seu comentário.

7maravilhas

Anúncios